segunda-feira, 13 de junho de 2011

As evoluções dos meios de transporte




A domesticação de animais possibilitou que eles fossem utilizados nos transportes de pessoas e de carga com a invenção da roda, surgiram as carroças puxadas por animais, como cavalos e bois.



Depois, com a invenção da máquina a vapor, dos motores elétricos e dos motores movidos a partir da queima de combustíveis, o transporte terrestre passou a ser realizado por trens, automóveis, ônibus e caminhões, entre outros veículos.
 


A cada dia os meios de transporte se modernizam mais, ganhando maior velocidade, eficiência e conforto.








DA MARIA-FUMAÇA AOS TRENS BALA
 
 O trem é um meio de transporte no qual uma locomotiva puxa vários vagões, que podem ser de passageiros ou de carga. Antes da invenção da locomotiva, esses vagões eram puxados por animais.
 
A primeira locomotiva foi inventada há cerca de 200 anos. Ela era lenta e movida a vapor. Por soltar muita fumaça ficou conhecida como "maria-fumaça".
 
Desde a invenção da maria-fumaça aos dias atuais, os trens se modernizaram e ficaram mais velozes.

 
                                                         














OS AUTOMÓVEIS




O automóvel é o meio de transporte mais utilizado no mundo.


Populares ou de luxo, os automóveis tiveram um grande desenvolvimento tecnológico, desde a época de sua invenção até os dias atuais.


No Brasil, o primeiro automóvel chegou há cerca de 100 anos.

                                                           

     









SOBRE DUAS RODAS

A bicicleta foi inventada há cerca de 200 anos.
   As primeiras bicicletas eram bem diferentes das que existem hoje: eram de madeira, inclusive as rodas, e não tinham pedais.

 Com o surgimento de motores menores e mais leves, eles começaram a ser instalados em bicicletas. Assim surgiram as primeiras motocicletas.
 
Atualmente, bem mais modernas, as motocicletas dividem o espaço das ruas com outros meios de transporte.
 
 A primeira bicicleta era um veículo muito simples; foi inventada pelo francês De Siorac, no ano de 1790 e era composta por duas rodas no mesmo tamanho, ligadas por uma travessa de madeira. Possuía também um cabo ou manivela para apoio das mãos. Mais tarde, 1818, o alemão Carlos Drais aperfeiçoou este veículo, fazendo com que a roda dianteira pudesse mover-se para a direita e para a esquerda.
                                               








O SONHO DE VOAR SE REALIZA


O sonho de voar foi realizado há cerca de 220 anos, a bordo de balões inflados com ar quente. Mas o vôo nesses balões era prejudicado pela dificuldade que existia em controlar a direção que eles tomavam.

 Os dirigíveis, balões compridos e motorizados, possibilitavam o controle da direção a ser tomada e possibilitaram a realização de viagens aéreas entre lugares distantes.
 
O grande avanço no transporte aéreo foi a invenção do avião.

Desde a construção do avião idealizado pelo brasileiro Alberto Santos Dumont, de nome 14-Bis, os avanços tecnológicos dessas máquinas voadoras não pararam de ocorrer.
 
Costuma-se dizer que os aviões encurtam as distâncias entre os vários lugares do mundo. Por desenvolverem alta velocidade, os aviões percorrem grandes distâncias em pouco tempo.






AS EMBARCAÇÕES

O desenvolvimento das embarcações e a descoberta de novas técnicas de navegação tornaram possível aos seres humanos atravessar rios, mares e oceanos, vencendo longas distâncias.
  
 Das canoas de madeira às grandes embarcações, como os transatlânticos, houve muitos progressos.

      



















AS CANOAS E OS BARCOS A VELA
 As canoas são consideradas as primeiras embarcações utilizadas para o transporte de pessoas e de carga. Aproveitando a correnteza da água ou usando remos, os navegadores moviam as canoas, percorrendo pequenas distâncias.






'Com o tempo, foram inventados os barcos a vela, que se moviam impulsionados pela força do vento. A utilização dos barcos a vela tornou possível navegar distâncias maiores do que aquelas percorridas pelos barcos a   remo.






AS CARAVELAS

  
 O aperfeiçoamento dos barcos a vela deu origem às caravelas. Elas foram inventadas pelos portugueses há cerca de 600 anos.
    

As caravelas eram embarcações mais ágeis e velozes, e possibilitaram a realização de grandes viagens marítimas. Foi a bordo de uma caravela que Pedro Álvares Cabral chegou às terras que atualmente formam o Brasil.

 






 AS EMBARCAÇÕES ATUAIS
 

  Depois dos primeiros barcos a vapor, que surgiram há cerca de 200 anos, muitas embarcações começaram a utilizar motores movidos a diesel, um óleo combustível. Além disso, modernas turbinas a vapor foram desenvolvidas para mover grandes navios. As viagens tornaram-se, então, mais rápidas.


Atualmente, os navios de carga transportam uma grande quantidade dos mais variados produtos, desde alimentos perecíveis até automóveis e petróleos.
  
 Existem também os transatlânticos, que navegam nos oceanos e se destinam ao transporte de muitos passageiros.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Videos



 A Globalização em 1 minuto

video


GLOBALIZAÇÃO

video

Globalização










                            Globalização é um dos processos de aprofundamento da integração econômica, social, cultural, política e espacial e barateamento dos meios de transporte e comunicação dos países do mundo no final do século XX. É um fenômeno observado na necessidade de formar uma Aldeia Global que permita maiores ganhos para os mercados internos já saturados.


                            A intensificação da globalização aconteceu na década de 70, e ganha grande velocidade na década de 80. Um dos motivos para essa aceleração é o desenvolvimento de novas tecnologias , como por exemplo , no ramo da comunicação.A globalização vem ocorrendo de uma forma em que o produtor efetua a compra da matéria-prima de qualquer lugar do mundo , onde ela seja barata e de boa qualidade .Instalação a sua fábrica aonde a mão de obra é mais barata o lugar não importa muito para onde serão vendidos os produtos.


                         Após a fabricação do produto, o produtor destribui sua mercadoria para qualquer  lugar do mundo que ele desejar. Em suma, na globalização você pode comprar um produto que foi fabricado do outro lado do mundo, como por exemplo a China, mas utilizando a matéria - prima que foi comprada em outro país.